1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>
Quinta, 23 de Novembro de 2017

25 anos de Circo Spacial

PDF Imprimir E-mail

Escrito por Circonteúdo

spacialO início, um sonho
Circo Spacial – que nasceu no dia 09 de agosto – está completando 25 anos com muitas histórias para contar. Tudo começou com o sonho de um garoto de quatro anos, Jacson Querubin, que através de uma nave espacial, conseguia levar – numa viagem imaginária – muita alegria, fantasia e grandes emoções para crianças de todas as idades. O sonho do menino Jacson foi apenas a semente lançada que germinou rapidamente através de sua mãe, Marlene Olímpia Querubin, que naquela época, trabalhava na área de marketing e mantinha contatos com vários empresários, inclusive circenses. O Spacial acabou se transformando no primeiro circo empresa, modelo seguido anos depois por Beto Carreiro.

Nos bastidores
Quem assiste a um espetáculo circense nem imagina "o antes, o durante e o depois". Na realidade, a atividade no circo é constante. A qualquer momento – durante o dia – artistas ensaiam incansavelmente seus números objetivando a superação que torna cada espetáculo único. São equilibristas, malabaristas, trapezistas, contorcionistas, acrobatas, mágicos, ilusionistas e os eternos e engraçadíssimos palhaços, reconhecidos internacionalmente. O camarim é sempre muito arrumado com os kits de cosméticos individuais e figurinos organizados por ordem de entrada. E todo o ritual começa muito antes. Para a sessão das 20h30, a maquiagem – que dura em média 20 minutos – se inicia às 19h.Simultaneamente, num outro setor do circo, as barraquinhas com quitutes e guloseimas já estão funcionando. Enquanto isso, lá dentro, técnicos de luz e som dão os últimos retoques e outra equipe cuida da limpeza. A disciplina é fundamental e faz tudo funcionar como uma engrenagem. É comum que um mesmo artista apresente mais de um número e quando imprevistos acontecem (e sempre acontecem), o companheirismo entra em ação e todos os problemas são resolvidos nos bastidores, desde pequenos e improvisados reparos nas roupas até uma eventual substituição no picadeiro. Durante as apresentações, o pessoal de apoio continua com o corre-corre atrás das cortinas.

A vida num trailer
A pequena cidade Spacial é composta por 35 famílias e mais de 200 pessoas que lutam para que o sucesso seja alcançado diariamente. Artistas e funcionários moram em trailers, com mobílias e divisões que compõe uma casa como qualquer outra, com cozinha completa, banheiro, quartos, além de TV a cabo, rede para internet, etc. "A lavanderia existente ao lado do trailer garante a roupa limpinha todos os dias.", afirma Valdete Vargas, que viaja com a companhia.
Aliás, o dia de Marlene, que fundou o Spacial, é como o de qualquer outra pessoa. Mora num confortável trailer, muito feminino, bem decorado e acorda às 8 da manhã. Depois de assistir aos principais jornais na TV e Internet, vai para o escritório fazer o planejamento do circo:o que falta comprar para a manutenção diária dos equipamentos, e o que deve ser alterado no espetáculo, por exemplo. Depois do almoço reuni-se com executivos da mídia local e segue com agenda de reunião, pois nada pode faltar neste circo empresa.

"Debaixo da lona de um circo muitos sonhos são fabricados. O riso está presente a todo instante, uma coisa se torna outra, o homem pode voar. E quando a tristeza pensa em passar por perto é logo substituída por muita gargalhada.
Na trajetória do Circo Spacial não tem sido diferente. Há 25 anos, uma equipe comprometida com o trabalho e com a alegria começa cada dia com o mesmo objetivo: levar ao picadeiro e aos olhos do respeitável público O MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA!"
(Marlene Olímpia Querubin)

O dia-a-dia, a escola e o lazer
"Morar no circo não significa ficar só em função dele. Temos que zelar por nossa família. O cuidado diário com nossos filhos inclui a saúde, a alimentação e o acompanhamento nos estudos, pois temos orgulho de ter taxa zero de analfabetismo com as crianças nascidas no Spacial nestes 25 anos.
Muitas crianças chegaram a passar por mais de 40 escolas em um único ano, mas hoje, os jovens da primeira geração já terminaram a universidade, inclusive meus dois filhos Jacson e Peterson. A vida no circo também inclui lazer, cinema, teatro (muitos artistas de circo são também atores), passeios pelas cidades da região, um grande privilégio para as crianças circenses que podem conviver com culturas diferentes. Um acordo firmado há vinte e cinco anos com a Rede Adventista, garante a matrícula das crianças nas cidades onde houver uma unidade da escola. "Com um método único, o aprendizado fica melhor e mais fácil.", afirma Marlene.
Gilmar Pedro Querubim, 49 anos, conhecido nacionalmente como  palhaço "Pingolé", destaque no livro "História do Circo Brasileiro", editado pela Fundação Nacional da Arte (Funarte), comenta: "É sorte estar numa capital como São Paulo com muitos locais para relaxar depois das apresentações, incluindo a praia fica a um pulo daqui."

O jubileu de prata
O que era bom ficou ainda melhor. O espetáculo comemorativo dos 25 anos conta a trajetória do circo ao longo da história da humanidade, desde a pré-história até a conquista espacial, tudo com muito humor, criatividade, belos figurinos e incrível trilha sonora especialmente criada para o evento.
Números que impressionam
Spacial 25 anos
Mais de 2.000 cidades visitadas
500 sessões por ano
3.000 pessoas por sessão
22 carretas e caminhões
3.500 figurinos com centenas de trocas por sessão
100 toneladas de ferro, alumínio e lona
40 milhões de espectadores já assistiram
35 famílias vivem no circo, mais de 200 pessoas
Taxa zero de analfabetismo entre os nascidos no circo
Dezenas de artistas formados em universidades e pós-graduados ao longo dos 25 anos
Programação de aniversário
20h00 – Abertura solene da comemoração – homenagem aos fundadores
20h05 – Exibição do documentário  "Spacial – 25 anos"
20h30 – Espetáculo comemorativo dos 25 anos – totalmente renovado (detalhes abaixo)
22h30 – Bolo

Os quadros do novo espetáculo
Abertura – curta reprise Idade da Pedra
Idade da Pedra (Saltadores – todo o elenco masculino)
Bailado Gladiadoras – Idade Antiga
Capa gladiadores (com Arturo que representa os primeiros saltimbancos)
Cleópatra – Egito – Lira cômica
China (Chang – equilíbrio) – Idade Média
China (continuação) e países asiáticos – a invenção do ioiô
O cozinheiro italiano (Palhaço Buguinho)
Romeu e Julieta e o circo na Europa
A conquista dos mares e a descoberta dos continentes
Um clássico dos circos em todas as épocas, o malabares
Baile Vitoriano – (tecido)
Luiz XV – Parada de mão, cadeiras.
Reprise de palhaços dentro do contexto do espetáculo
Homenagem aos artistas de circo da Rússia
O circo chegou ao Brasil e praias cariocas (rola-rola)
Circo Brasil moderno e folclórico
Intervalo de 15 minutos
Entrando na modernização – um salto para o futuro (trapézio)
Reprise – Palhaços Pingolé e Maskarito – Adivinhação, uma homenagem às primeiras aparições nos circos
A Magia do tempo (Jonathan)
A era digital – neon
A tecnologia a serviço da humanidade – (Cubo e Faixa com Carol e André)
O Futuro é agora – Gran Finale com desfile de elenco e Família Spacial

Ficha Técnica
Direção Geral – Marlene Olímpia Querubin / Roteiro – Marlene Olímpia Querubin / Secretaria Executiva – Luiz Antonio Jardim / Diretora Executiva – Maristela Querubin / Concepção Artística – Ricardo Fabio e Margareth Querubin / Direção de Elenco – Margareth Querubin / Coreografia – Ricardo Fabio e Margareth Querubin / Figurinos – Marlene Querubin, Ricardo Fabio e Margareth Querubin / Sonoplastia – Gilberto Querubin e Diego / Iluminação – Gilberto Querubin e Diego / Figurinos e Adereços – Marlene Querubin, Ricardo Fabio e Margareth / Confecção dos figurinos e Adereços – Maria, Rane , João, Rico, Sonia / Capataz – Valmir Marinho / Chefia de Manutenção – Roberto Souza / Produção Executiva – Valdete Vargas / Marketing – Rody Jardim / Assessoria de Imprensa – Sonia Kessar / Advento Publicidade / Noa Produções
Quem brilha no picadeiro (elenco em ordem alfabética) - Ana Claudia de Jesus / Anderson / André Brito / Arislander Jonathan / Dumont / Arisvander Lopes da Silva / Arturo Carcerez / Caroline Aline Rigoletto / Diego Alves Ribeiro / Divalci Ferreira Guedes / Elaine Rigoletto / Estrela Rigoletto / Fernando Prendin / Geisse L.Muniz / Gilberto Querubin / Gilmar Pedro Querubin / Ingrid R. dos Santos / Jéssica Anyara Q. de Souza / Jisrael Lemes Muniz / Jorge Vargas / Joseli / Lea Nacimento / Luan / Maicon Prendin / Márcio Garcez / Marcos E. Farias / Margarete Querubin / Maristela Querubin / Murillo Matiano / Paloma Rigoletto / Pedro Manoel dos Santos / Rane do Vale / Richinha / Roberto José de Souza / Roger Souza / Tiago Oliveira / Valdete Angelina Vargas / Valmir Marinho / Weslei Barbosa


Serviço
Circo Spacial (Unidade Itinerante)
Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, altura do n. 7.165 – Parque São Lucas (zona leste) – São Paulo – SP
Evento comemorativo dos 25 anos dia 9 de agosto a partir das 20h
Temporada até 29 de agosto
Quintas e sextas às 20h30 / sábados, domingos e feriados às 16h, 18h e 20h30
Ingressos: Popular adulto R$20,00 / Popular meia-entrada (estudante, meia, idosos) R$ 10,00 / Cadeira frontal R$ 25,00 / Camarotes (4 lugares) R$ 150,00 / Crianças abaixo de 02 anos não pagam
Acesso e banheiro adaptados para pessoas com necessidades especiais
Aceita cartão de débito e dinheiro / Estacionamento no local (terceirizado) – R$ 5,00
Venda de ingresso antecipado – todos os dias das 10h às 12h e das 14h às 20h
Informações pelo telefones (11) 7820 7697
www.spacial.com.br

 

Comentários   

 
+1 #3 holasonia 30-12-2011 21:24
hola, como están... escribo para saludarles y desearles q Dios les bendiga... escuche en una historia su nombre y decía q su circo es adventista y quería saber su testimonio un abrazo desde Colombia... bendiciones espero su pronta respuesta...
Citar
 
 
+1 #2 QUERO SER PALHAÇO DO CIRCOPAULO HENRIQUE 02-10-2010 11:29
QUERIA TER UMA CHANCE DE SER UM ARTISTA PALHAÇO TENHO 26 ANOS ME DE UMA CHANCE MORO EM JACIARA MATO GROSSO E QUERIA QUE VIESSEM ME BUSCAR QUERO SEQUIR VIDA DE ARTISTA COMEÇAR NOVO QUERO OPORTUNIDADE SERA QUE VCS PODEM ME DAR SERÁ UM PRAZER POR FAVOR TO PASSANDO MEU ENDEREÇO JACIARA MATO GROSSO AVENIDA ANTONIO FERREIRA SOBRINHO BAIRRO PLANALTO NUMERO 2767 E PROXIMO A RODOVIARIA
Citar
 
 
+1 #1 contatowaleska frota 24-08-2010 00:13
O circo spacial é um exemplo de um
circo comprometido com a autentica arte
circense.Parabe ns a Marlene querubim,e
a todos os artistas,e funcionarios.
Waleska.
Fortaleza-ce.
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Painel de entrevistas

jose_rubens_peq
José Rubens
Thumb_lily
Lily Curcio
thumb_chacovachi
Payaso Chacovachi
Argentina
thumb_muralla
Teatro la Muralla
Equador
thumb_museo
Teatromuseo
Chile





Erminia em entrevista no Jô

(+) entrevista na íntegra

Parceiros

As Marias da Graça (Rio de Janeiro - RJ)
Centro de Memória do Circo (São Paulo - SP)
El Circense (Buenos Aires - Argentina)
Encontro de Bastidor (Brasília - DF)
Escola Nacional de Circo (Rio de Janeiro - RJ)
Instituto de Ecocidadania Juriti (Juazeiro do Norte - CE)
Intrépida Trupe (Rio de Janeiro - RJ)
Panis & Circus (São Paulo - SP)
Teatro de Anônimo (Rio de Janeiro - RJ)